Deus me abandonou?

Esta é a palavra que veio a Jeremias da parte do Senhor:
“Vá à casa do oleiro, e ali você ouvirá a minha mensagem”.
Então fui à casa do oleiro, e o vi trabalhando com a roda.
Mas o vaso de barro que ele estava formando se estragou-se em suas mãos; e ele o refez, moldando outro vaso de acordo com a sua vontade.
Então o Senhor dirigiu-me a palavra:
“Ó comunidade de Israel, será que não posso eu agir com vocês como fez o oleiro? “, pergunta o Senhor. “Como barro nas mãos do oleiro, assim são vocês nas minhas mãos, ó comunidade de Israel.
Jeremias 18:1-6

O processo de fabricação de um vaso de barro em uma olaria possui diversas etapas: a separação do material a ser utilizado (que no caso é o barro), a limpeza desse material, o molde desse material no torno (que no texto mencionado tem o nome de roda), o envio desse vaso para o forno, e  posteriormente a disponibilização do vaso.

  • Separação de material: O Oleiro nesse processo irá separar a quantidade de material que irá utilizar para fabricar o seu vaso. Ele cuidadosamente irá avaliar o barro com suas mãos.

 

  • Limpeza: esse processo é muito importante. Qualquer impureza que permaneça na matéria prima do vaso pode comprometê-lo por inteiro. Uma simples pedrinha pode fazer com que o vaso de quebre quando enviado ao forno. Mais uma vez as mãos pacientes do oleiro procurarão toda impureza, pedra, areia e as removerão completamente.

 

  • Molde: o barro já preparado é enviado para o torno. Ali as mãos ágeis do oleiro irão moldar o vaso exatamente da maneira que ele planejou. Suas mãos formarão cada detalhe sobre a forma, o tamanho e a capacidade desse vaso.

 

  • Fornalha: após moldado e seco, o vaso é enviado para a fornalha. As altas temperaturas irão render força, resistência e beleza a esse vaso.

 

  • Finalmente, um vaso! Após passar por todos esses processos o vaso está pronto: moldado, sem impurezas, resistente e disponível.

 

Ele é considerado um método artesanal e até hoje não existe tecnologia que possa substituir vasos feitos diretamente em uma olaria. Eles são belamente finalizados e possuem detalhes que máquinas não podem produzir, mas um oleiro pode.

O texto de Jeremias diz que somos vaso nas mãos do Oleiro. E inevitavelmente passaremos por todos os processos.

Os processos da fabricação do vaso de barro tem algo em comum: as mãos do Oleiro. Suas mãos separam, limpam e moldam; menos um deles:  a fornalha. Esse é o único momento em que o Oleiro não está em contato direto com o barro.

Existem momentos em nossa caminhada que são muito difíceis. A morte, a falência, a doença, as decepções, vínculos que são rompidos, sonhos que são frustrados e eu diria que a lista pode ser interminável.

Em determinados pontos  desses momentos podemos sentir Deus nos separando para realizar seus planos. A dor tem esse gatilho de redirecionar nosso olhar e fazer com que repensemos nossa caminhada. Também podemos sentir Deus nos limpando, nos mostrando erros até então ocultos pra nós (nem imaginava que essa pedrinha estava aqui!), mostrando nossa pequenez e miséria.  Também podemos sentir ele nos moldando, nos transformando, e agora já não somos mais os mesmos. E a mudança é boa, muito boa!

Então chega o momento da fornalha. Ela é quente. Desconfortável. Demorada demais aos nossos olhos. E as mãos do Oleiro não estão mais lá. Pelo menos não em contato com o barro. Já não é mais possível senti-las amparar, cuidar, zelar. O Oleiro está lá, o vaso sabe. Do lado de fora da fornalha. Ele não perderia a hora, afinal, um vaso ficar mais tempo no fogo do que o necessário pode colocar todo o trabalho a perder.

Talvez você esteja vivendo esse momento. A situação está difícil. Você já não vê mais saída. Parece que o céu está de bronze e Deus já não te ouve. Ou pelo menos não age da maneira que você considera adequada. Você já sondou o seu coração e tem procurado viver uma vida correta, em obediência, mesmo diante da dor. Mas as respostas não vem, as coisas não mudam, tudo parece estagnado. Estagnadamente difícil. Estagnadamente triste. Você está na fornalha.

Deus tem um plano específico para cada ser humano. Planos que estão além da nossa compreensão. Somente Ele sabe o que precisa mudar e moldar em você para se tornar apto à viver esse plano.  Deus não pula etapas. Ele não tem pressa. Não porque ele se agrade do sofrimento, mas porque Ele se interessa pelo processo. Não existe resultado final sem ele. Tudo que ele começa, ele termina, porque ele não é como nós. Ele não deixa fios soltos.

O fogo é o último processo que o vaso tem que passar para finalmente estar pronto. Ele trará resistência e força para que, independente do que o vaso vier a transportar ,flores leves ou águas pesadas, ele permaneça firme.

Lembre-se de dois pontos importantes sobre a fornalha:

Esse momento vai passar: A fornalha não é para sempre, ela tem fim. Lute contra os sentimentos de desânimo, contra a vontade de desistir. Não ceda ao seu coração enganoso. Leia a palavra, mesmo sem vontade. Ore, mesmo que se sinta fraco. O poder de Deus é para os fracos mesmo! Faça o seu melhor vivendo um dia por vez e comece de novo, quantas vezes for necessário. Será uma luta constante, mas isso é exercitar a fé.

O que eu faço, não entendes tu agora, mas entenderás depois” (Jo. 13:7)

 

Ela antecede uma nova etapa: Depois da fornalha vem o novo de Deus. O vaso será colocado onde e para que o Oleiro determinou.  Imaginar que Deus vai cumprir suas promessas sempre nos dará forças para continuar.  Olhe pra frente, olhe pra cima.

A resposta é: Deus não te abandonou!

Sião dizia: O Senhor abandonou-me, o Senhor esqueceu-me.
Pode uma mulher esquecer-se daquele que amamenta? Não ter ternura pelo fruto de suas entranhas? E mesmo que ela o esquecesse, eu não te esqueceria nunca.
Eis que estás gravada na palma de minhas mãos, tenho sempre sob os olhos tuas muralhas.
Isaías 49:14-16

Deus não te abandonou, não te desamparou e não te esqueceu. Seu nome está gravado nas mãos dele , isso seria impossível!

A nova etapa vem! Caminhe mais um pouco! Persevere mais um pouco! Está quente, eu sei, mas vai valer a pena quando você puder contemplar o novo e lindo vaso que Deus fará através da sua vida, da sua dor e das suas lágrimas. Recomece. Os sentimentos ruins virão e faz parte passar por eles, mas não de detenha neles. Recomece.  Hoje foi dia de choro? Mas amanhã tudo estará melhor. Recomece. Não desista, porque Deus não desiste de você e não abre mão de você. Então só recomece. Mesmo que pareça o contrário, Deus está do lado de fora. Ele sabe exatamente o momento de tirar você do fogo e você não ficará nele nem um segundo a mais.

Aninha Oliveira.

Anúncios

Orai Sem Cessar

“Orai sem cessar” I tessaloniceses 5:18
A oração é muito importante em nossas vidas. É através dela que levamos a Deus o que aflige nosso coração, e ouvimos sua voz.
Na oração louvamos e bendizemos a Deus por tudo que Ele tem feito em nossas vidas; ouvir a voz de Deus nos mantera vivas e focadas no que Ele tem de melhor pra nós.
A oraçao nos leva a caminhar pela Fé por lugares que nunca imaginamos, e
vermos Deus agir de maneira sobrenatural.
É maravilhosa a experiência de ver que participamos do mover de Deus quando oramos. A oração é nossa arma de guerra na Batalha Espiritual.
Quanto mais oramos mais desejo de orar teremos.
É disciplina, precisamos ter uma vida de oração.
Através de Jesus e do seu sacrifício na cruz, o véu do templo se rasgou de alto a baixo, e tivemos acesso ao Pai…podemos Orar.
A Biblia nos ensina a orar sem cessar, porque Tudo pode ser mudado pela oração.
Efésios 3:20,21 nos ensina:
” Aquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que agora opera em nós, a ele seja a Glória, na Igreja, e em Cristo Jesus, por todas as gerações para todo sempre. Amém!
Deus é poderoso; Ele faz além do que pedimos ou pensamos; Somente Ele é digno de Glória!
Orar nos leva a caminhar no maravilhoso mover de Deus pela Fé… nos faz entrar na presença de Deus onde seu amor nos transforma, restaura, cura, ama,perdoa.
Sua resposta pra nós será sempre boa, agradável e perfeita!
O pastor Edison Queiroz escreveu:
Deus sempre nos abençoará com o melhor, de acordo com o ponto de vista dele e não nosso. O melhor de Deus sempre será o ideal para nossas vidas!
A oração nos conduz para o centro da vontade de Deus!

“ Tudo que conquistamos em oração deve ser mantido com oração”
Peter Wagner